R. Teixeira da Silva 54, 11º Andar |

  Bela Vista – São Paulo, SP |

  contato@viventre.com.br
Infertilidade Feminina

10 exames para investigar casos de infertilidade

Por fevereiro 27, 2019 dezembro 5th, 2019 Nenhum comentário

Os problemas relacionados à fertilidade feminina são responsáveis por 40% das situações em que um casal não consegue engravidar. Outros 40% remetem a problemas relacionados ao sistema reprodutor masculino e em 20% dos casos há problemas nos dois. Tendo isso em vista, caso estejam com dificuldades para engravidar, é muito importante que ambos façam os exames de infertilidade.

De forma geral, as suspeitas surgem após um ano de tentativas sem sucesso. As relações sexuais devem ocorrer sem uso de preservativos ou outros métodos anticoncepcionais e dentro do período fértil da mulher. No caso das mulheres com 35 anos ou mais, a recomendação médica é que o período seja reduzido para seis meses, também sem contracepção, e no período de fertilidade feminina.

Se o casal seguiu todas essas recomendações e não conseguiu engravidar, chegou a hora de procurar ajuda médica para aumentar as chances de conquistar o sonho da maternidade e da paternidade.

A investigação começa com uma consulta clínica e da avaliação do histórico dos pacientes. Em seguida, recomenda-se que seja feita avaliação física e exames de investigação básica inicial. De acordo com os antecedentes, exames específicos também poderão ser solicitados nesta investigação inicial. Quer conhecê-los? Siga a leitura!

Exames de infertilidade para o homem e a mulher

1. Dosagem Hormonal Basal

A dosagem consiste em um exame de sangue que avalia a produção dos hormônios femininos e masculinos. Pode detectar doenças diretamente relacionadas à fertilidade, como o diabetes, ovários policísticos e problemas na tireóide.

Nas mulheres, o exame analisa o funcionamento dos ovários, a quantidade dos óvulos e o ciclo de ovulação.  Nos homens, pode detectar problemas na produção dos espermatozóides.

2. Cariótipo

Embora não seja exame imprescindível, sua realização é aconselhável. O cariótipo avalia se o número e a estrutura dos cromossomos (estruturas nas quais se localiza todo o material genético das pessoas) estão normais. Alterações no cariótipo podem se relacionar a diferentes aspectos da infertilidade conjugal, como alterações da reserva ovariana ou abortamentos de repetição.

Exames de Infertilidade para ela

3. Ultrassonografia Transvaginal

A ultrassonografia deve ser realizada entre o terceiro e o quinto dia do ciclo menstrual e é capaz de detectar e avaliar diversos aspectos, como tamanho e formato do útero e presença de folículos ovarianos (avaliando a reserva ovariana).

A ultrassonografia transvaginal seriada pode identificar com mais clareza o exato período em que a mulher tem mais chances de engravidar (fase da ovulação, também conhecida como período fértil), o que facilita o planejamento do casal.

ebook infertilidadePowered by Rock Convert

4. Histerossalpingografia

Apesar do nome complicado, este exame consiste em radiografias seriadas da pelve após a injeção de contraste pelo colo do útero. Serve para avaliar o formato da cavidade uterina e mostrar localização e permeabilidade das trompas, isto é, avaliar se elas não estão obstruídas.  

5. Histerossonografia

Mais específico, esse exame para infertilidade é indicado quando há indícios de problemas no endométrio, isto é, a mucosa que reveste internamente o útero, na qual o embrião deverá implantar para que ocorra a gravidez.

O exame é feito com a introdução de uma sonda na cavidade vaginal. Assim como na histerossalpingografia, o objetivo é acompanhar a anatomia dos órgãos internos.

6. Videolaparoscopia

É uma pequena cirurgia, pouco invasiva, que permite o diagnóstico de uma série de doenças. É indicada quando precisamos fazer avaliação mais detalhada da pelve, com visão direta de estruturas como útero e trompas, como em casos de suspeita de endometriose, miomas e aderências pélvicas. Por meio de pequenos cortes no abdome,são introduzidas câmera e pinças que permitem a identificação e, muitas vezes, o tratamento do problema.

7. Videohisteroscopia

Exame específico e muito parecido com a videolaparoscopia, porém, com foco na cavidade uterina. O procedimento também é simples e um ótimo aliado para que os médicos identifiquem problemas no útero e no endométrio. Consiste na introdução de uma pequena câmera pelo colo do útero, que permite a visão direta da cavidade uterina.

8. Biópsia do Endométrio

A biópsia consiste na retirada de fragmentos do endométrio para análises, podendo ser realizada com uma fina cânula ou mesmo durante a histeroscopia, quando houver indicação.Exames de Infertilidade para ele.

Exames de Infertilidade para ele

9. Espermograma

É o exame mais básico para avaliação de infertilidade nos homens. O procedimento mostra o número de espermatozóides existentes, sua estrutura e sua capacidade de movimentação. A análise é feita a partir de uma amostra de sêmen colhido pela masturbação e não é nada invasivo.

10. Ultrassonografia Testicular com Doppler

Um pouco mais especializado, o exame é indicado para avaliar a próstata, as vesículas seminais, o epidídimo e os testículos. Com o Doppler, é possível verificar o fluxo sanguíneo dos testículos e identificar eventuais tumores. Sabe-se que o aumento da vascularização testicular (condição conhecida como varicocele) pode prejudicar a formação dos espermatozoides.

E então, o que achou do conteúdo? Esperamos que tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre os exames para infertilidade. Lembre-se: a orientação de um especialista é sempre o melhor caminho.

Me acompanhe
GINECOLOGIA E OBSTETRICIA em Clinica Viventre
Formado pela faculdade de medicina da USP, fez residência em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da FMUSP, onde também foi médico preceptor da disciplina de Ginecologia.

É especialista em Reprodução Humana e médico colaborador do Centro de Reprodução Humana “Governador Mário Covas ” do HCFMUSP e faz parte da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM) e da Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE).

Especialidades:
- Mioma e Infertilidade
- Endometriose e Infertilidade
- Fatores Tubários
- Fatores Uterinos
- Endocrinopatias e Infertilidade
- Síndrome dos ovários Policísticos
- Abortamento de Repetição
- FIV e Casais Homo afetivos
Dr. Pedro Peregrino
Me acompanhe

Deixar uma Mensagem de Resposta

Ligar

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos emcontato o mais rápido possível.
Ícone do Whatsapp branco em fundo verde